sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

No caminho da miragem

por Tiago Buarque de Carvalho*

No Caminho da Miragem
Que hei cantar
se já fui tantos?
O mesmo tema
para os primeiros
alegria e espanto
murmuram os últimos
decepção e pranto
Como pode ao longo dessa fila
se deturpar tanto uma mensagem?
Parece que cada um lê da imagem
o pedaço que lhe convém
E de todas as partes
que eu já possuí
resolvi guardar
justo a mais ruim
A tal ponto
que não lembro
porque me aproximei
porém jamais esqueço
porque quis afastar-me.

*Nota do redator: Tiago Buarque de Carvalho é um poeta pernambucano, formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco em 2007. Adepto da estética do verso livre, com manifestações da escola concreta, sua poesia aborda temas do cotidiano e ostenta cunho nitidamente regionalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário